GRAXA DE SILICONE PROTETIVA

Características Básicas:

A Graxa de Silicone Protetiva é inerte quimicamente, não é corrosiva, não é tóxica, e tem excelente estabilidade térmica, utilizada como vedação dielétrica e na proteção de superfícies metálicas, tem excelente estabilidade e resistência ao tempo e não tem ponto de gota.

Solicite Contato Comercial

Especificações


ingles-us

Descrição
 A Graxa de Silicone Protetiva (inibidora de corrosão) é inerte quimicamente, não é corrosiva, não é tóxica, e tem excelente estabilidade térmica. A Graxa de Silicone Protetiva é obtida pela conveniente aditivação de polímeros de silicone. Utilizada como vedação dielétrica e na proteção de superfícies metálicas, tem excelente estabilidade e resistência ao tempo e não tem ponto de gota.
Pode operar sem perder suas principais propriedades, em temperaturas que vão até 250 ºC por curto período suporta temperaturas até 300 ºC.

Principais Aplicações
Vedação dielétrica de circuitos sujeitos a faiscamento, conexões elétricas, plugs, conectores polarizados, entre outras aplicações. A Graxa de Silicone Protetiva, poderá ser formulada dentro de índices de consistências adequados as mais diversas aplicações como:

– Proteção de metais em estruturas protendidas,
– Proteção para demais superfícies metálicas,
– Desmoldante de Plásticos, principalmente àqueles tipos termofixos (Ebonite, Araldite, etc),
– Lubrificante de Válvulas e Sistemas de alto vácuo,
– Proteção Permanente contra Corrosão.

 Características
– Consistência (NLGI): 1 e 2
– Penetração (1/10mm): 310-340 / 265–295
– Perda de Peso: 1% (100 horas à 200 ºC)
-Temperatura de Trabalho Contínuo: – 40 à 250 ºC
– Temperatura Máxima de Trabalho: 300 ºC ± 10 ºC
– Ponto de Gota: Não há
– Separação de Óleo 6 h à 120ºC: > 1%
– Solubilidade em água: Insolúvel

Transporte e Armazenagem
 
Deve ser transportado e armazenado conforme prática comum com produtos químicos e/ou lubrificantes. Este produto não é classificado como perigoso para transporte.

Embalagem
– Barrica Papelão 25Kg
– Tambor 170Kg

Manuseio e Método de Aplicação
– As superfícies devem ser limpas com solventes à base de hidrocarbonetos como querosene hexana, isoparafina etc.
– Aplicação com pincel, espátula ou bombeamento.
– Os intervalos de reaplicação deverão ser determinados conforme as condições de trabalho.

Observações:
As informações e dados contidos neste boletim correspondem aos nossos conhecimentos atuais coligidos por pessoal técnico capacitado e confiável. Devem ser tomados como orientação e não como especificação garantida. Em qualquer caso de uso, o cliente deverá testar o desempenho contando com informações que possamos fornecer. Indicações de uso não são sugestões para se infringir patente ou legislação. Uma vez que não temos controle sobre o uso por terceiros, nossa responsabilidade se limita apenas ao nosso produto.


X